3 DICAS PARA TRANSFORMAR UMA PAIXÃO EM NEGÓCIO (e uma DICA BÔNUS)

Pergunte ao Google: Paixão vira negócio?  Os resultados falam por si só. A resposta é SIM, muita gente vem conseguindo isso e não faltam exemplos pra comprovar.  Veja logo abaixo os resultados dessa busca.

Paixão pela culinária japonesa vira negócio lucrativo

Paixão por viagem vira negócio rentável para pai e filha

Paixão por animais vira negócio para driblar a crise em Volta …

Paixão por sapatilhas vira negócio on-line – Jornal Nossa Cidade

Descrição: Paixão por bicicleta vira negócio.

Descrição: Paixão pela música vira negócio.

Paixão por comida natural vira negócio de sucesso – Portal AZ

Cervejaria Artesanal — Uma paixão que vira negócio – Medium

E haveria muito mais se tivéssemos tempo de explorar todas as páginas do google, mas o artigo não terminaria nunca.

O ano está começando e quem sabe não é a sua deixa pra também transformar uma velha paixão em negócio e viver daquilo que ama.

Unir paixão e negócio é totalmente possível, mas é preciso ter os dois pés bem no chão e se fazer alguns questionamentos iniciais para que a paixão não acabe virando um pesadelo.

Veja algumas dicas pra quem está querendo partir nessa direção em 2018 ou até mesmo tem a necessidade no momento da crise de transformar sua paixão em um novo trabalho ou renda extra.

 

DICA 1) ASSOCIE PAIXÕES COM KNOW HOW.

Pegue uma folha em branco e divida em duas colunas.  Na esquerda Liste seus interesses, hobbies e paixões. Na direita liste seus talentos, habilidades e expertises.

Agora é necessário fazer um cruzamento dessas duas coisas e afunilar suas opções. Quais são as coisas que você ama fazer e ao mesmo tempo faz muito bem? Esse grupo sem dúvida tem uma vantagem maior, pois o know how encurtará a curva de aprendizado do negócio. Em um negócio não basta ter paixão, você precisa gerar valor para o mercado e ser reconhecido por isso. Imagina uma pessoa que é apaixonada por vinhos, porém não entende nada sobre uvas, vinícolas, distribuição, fornecedores etc. Enfim, há muito a se aprender quando se decide levar a paixão pro terreno dos negócios. Sempre se pergunte se você está disposto a “mudar de fase” e ter um tempo de dedicação praticamente integral a essa paixão quando ela virar um negócio.

 

DICA 2) FAÇA SUA PAIXÃO ENCONTRAR AS NECESSIDADES DO MUNDO.

Valide se a sua Paixão é uma Real Oportunidade de Negócio. Toda ideia de negócio, para ter chance de sucesso, tem por premissa 3 coisas:

  • partir de um problema real a ser resolvido (DOR do mercado)
  • apresentar uma solução relevante (produto/serviço que as pessoas queiram pagar pra ter)
  • ter um diferencial para competir no mercado (proposta de valor com diferenciação)

É preciso fazer uma boa pesquisa de mercado, se aprofundar bem nas dores e desejos dos potenciais consumidores, e criar uma espécie de “produto mínimo viável” antes de sair investindo tudo que tem.

Esse conceito, que nasceu com o livro Startup Enxuta, se aplica a qualquer tipo de negócio e mudou o movimento empreendedor no mundo inteiro. Hoje, qualquer pessoa que pensa em empreender, deveria “plugar” o chip MVP (minimum viable product) no cérebro antes de dar qualquer passo.

Esse modelo, validado em milhares de start ups mundo à fora, tem evitado muitos fracassos precoces de empresas e o melhor, tem ajudado a trazer produtos mais relevantes para o mundo. Resumidamente, é um modelo que permite testar a demanda real a partir de protótipos e projetos sem precisar chegar às vias de fato, sem precisar investir todo o seu capital desenvolvendo produtos, comprando estoques, fazendo obras ou montando canais de distribuição antes de fazer muitos testes de validação com consumidores reais. (Leitura recomendada: Start Up Exxuta – Eric Ries – leitura obrigatória para empreendedores)

Um excelente exemplo no mundo foi a loja de sapatos online Zappos.com que na época precisava validar a ideia de que as pessoas estariam dispostas a comprar sapatos online. O empreendedor fez acordo com os comerciantes da região, fotografou os sapatos, criou uma interface online de vendas e foi testar pra valer. O minimo produto viável foi:  caso ele vendesse, compraria dos lojistas os produtos a preço de venda mesmo e enviaria pra casa dos clientes. Tudo isso apenas para testar o modelo de negócio antes de desenvolver qualquer plataforma, contratar equipe ou estoque. Deu tão certo que a Zappos futuramente foi adquirida pela gigante Amazon em uma operação bilionária. Hoje, com a internet, é cada vez mais fácil reunir uma audiência potencialmente interessada no seu produto e testar as ideias antes mesmo de investir dinheiro e tempo nelas.

 

DICA 3) DOMINE TÉCNICAS DE MARKETING DIGITAL

A função prioritária de todo empreendedor é conhecer muito bem o seu cliente e dedicar-se às vendas. Sem clientes e sem vendas não existe negócio. É preciso entender que todo negócio precisa chegar até as pessoas potencialmente interessadas e isso exige dedicação e trabalho duro de marketing. No mundo de hoje, o marketing mais acessível a todos os empreendedores e que permite começar com pouco investimento é o marketing digital. Sem falar que tudo é mensurável no marketing digital. É possível atingir clientes com mira laser utilizando técnicas de facebook ads, instagram, compra de palavras chaves no google, marketing de conteúdo através de blogs e canal no youtube, entre outros canais digitais.

Portanto, a presença online será uma peça chave no desafio de monetizar a sua paixão. E existe um mito de que redes sociais são uma mídia gratuita. Isso já não é mais uma verdade há muito tempo, pois conseguir resultados expressivos e rápidos gratuitamente está cada vez mais raro. É aconselhável que haja algum complemento de investimento em tráfego pago nas redes, os conhecidos anúncios patrocinados que você vê no google e facebook. Mas o investimento ainda é infinitamente menor que canais de mídia de massa e o melhor de tudo que é o que todo empreendedor busca: você pode medir o retorno dos anúncios e calcular seus riscos.

Qualquer trabalho em mídias sociais exige dedicação, seja em tempo, para gerar conteúdo de qualidade, ou mesmo em investimento e mensuração. Não existe “almoço grátis”.

É preciso estudar, se atualizar e entender como extrair resultados efetivos das redes sociais, utilizar ferramentas de e-mail marketing para nutrir o relacionamento com os prospects, utilizar bem a geração de conteúdo temático sobre o seu nicho de mercado para ter clientes chegando ao seu funil de vendas.

A boa notícia é que o marketing digital está bem acessível a todos e qualquer empreendedor pode se tornar a sua própria emissora e não depender de veículos tradicionais e inacessíveis como era antigamente.

O relacionamento do empreendedor com os clientes vem se tornando muito mais próximo e direto através de canais virtuais. E o melhor, quando se tem paixão envolvida, fica muito mais fácil o empreendedor se tornar o seu próprio garoto propagando, de forma muito original. É possível ver em muitos e-commerces, por exemplo, a própria dona fazendo os vídeos de divulgação da marca e ao mesmo tempo criando visibilidade e autoridade para o seu próprio nome, criando uma marca pessoal que se confunde com o negócio.

Vivemos em um novo mundo! E empreender com paixão tem sido uma realidade cada vez mais próximo de ser alcançada se houver planejamento, dedicação e persistência. O dinheiro, por incrível que pareça, não é mais considerado um impeditivo quando se trata de internet, onde os negócios de nichos e super nichos tornaram-se viáveis economicamente dado que temos milhões de pessoas comprando online.

Aliás, essa é a nossa deixa para a dica extra e final: se você tem uma paixão, encontre um nicho de pessoas específico para oferecer essa paixão em forma de produto ou serviço. Esse é o caminho para começar pequeno, com mais segurança, porém pensando grande e caminhando rápido. Tem uma frase conhecida que expressa bem o poder dos nichos da internet: “O dinheiro está nas árvores e não na floresta”. Quanto mais específico o público do seu negócio, mais rápido sua marca ficará conhecida para esse público. Invista em nichos de mercado!

Conclusão: vamos empreender com paixão em 2019, mas sem o excesso de paixão que pode cegar o empreendedor para os fatores críticos de sucesso do negócio!

 

FATOS IMPORTANTES SOBRE SER EMPREENDEDOR CAROLINE CARACAS

Fatos importantes sobre ser empreendedor que ninguém te conta

Todos os dias nos deparamos com diversos artigos a respeito de empreendedorismo. Sobre o que é, quais passos seguir, quais sistemas utilizar e os maiores negócios do ano que vão te fazer ganhar muito dinheiro. Mas a verdade é que por traz disso, há muito o que trabalhar para o alcance do seu sucesso. E só vai chegar lá quem quer aprender, quem não tem medo de errar e quem realmente precisa que dê certo. Vou te contar alguns fatos importantes sobre ser empreendedor que ninguém te conta.

E isso está lá no início da sua caminhada, onde você parte da ideia de empreender mesmo sem saber por onde começar.

Uma grande sacada é ter a vontade de ser o dono do seu próprio negócio e fazer acontecer. Não só pela carência do dinheiro, mas pelo desejo de querer algo a mais. De estar disposto a trabalhar duro por isso até que o seu negócio comece a andar. Sem aquela necessidade de estar por perto o tempo todo.

1- A caminhada muitas vezes é solitária, mas não precisa ser tanto assim.

O empreendedor é realmente considerado um louco por muitas vezes, o sonho de abrir a própria empresa e se manter sem uma carteira assinada assusta muita gente.  Desesperado para pedir demissão? Não faça sem ler essas dicas! Hoje podemos contar com diversas ajudas de profissionais que tiveram vivência no assunto e te auxiliam a chegar lá, mas milagres não acontecem e se não partir de você, é o seu peão que ficará parado no jogo.

Não ter ninguém para te cobrar a princípio parece algo incrível, mas todas as decisões e atitudes terão que vir de você, e as coisas só acontecerão se estiver realmente disposto a enfrentar os muitos ‘nãos’ que vem pela frente.

Aqui entram as características que todo empreendedor precisa ter: iniciativa, capacidade de planejamento, autoconfiança, e um balanço entre otimismo e realismo. Temos também um artigo sobre as 10 competências essenciais para ser um empreendedor de sucesso.

2- Como investir o meu dinheiro?

As pessoas que começam um empreendimento pela necessidade tendem a ter um principal problema em comum, o dinheiro para investir. E por isso, deve-se descobrir por onde iniciaremos os nossos gastos, alguns diriam que pelo registro da empresa e outros que pelo material necessário para fabricar seu produto ou serviço, eu prefiro dizer que o melhor investimento é aquele que vai te desenvolver profissionalmente para saber levar o seu negócio.

Existe melhor investimento do que aquele que vai te trazer resultados consistes? É nessa hora que entram os cursos que vão te fazer colocar a mão na massa de verdade e se descobrir com capacidades que nem tinha sonhado em ter.

Você também poderia investir o seu dinheiro em um software incrível e todo automatizado, mas você vai saber utilizá-lo em meio aos problemas? Já que ele te promete organização, mas não solução. Uma vez falhado tudo pode voltar a ser como antes, o mesmo acontece se não tiver a disciplina de alimentá- lo.

3- O melhor modelo de gestão nem sempre é o que parece.

Existem diversas maneiras de gerir uma empresa, mas a verdade é que cada empreendedor precisa aprender qual é a sua. Qual é a forma que mais se adapta as suas necessidades com as de seus clientes. E fazer os seus processos acontecerem da melhor forma, o que é muitas vezes na base da tentativa e erro.

Quantas vezes alguém já disse para fazer algo de um jeito e na prática tudo foi por água abaixo? Aprender a listar o que pode ou não funcionar é uma maneira de estudar e chegar ao seu modelo ideal.

4- Depois de uma consultoria, você sabe o que fazer?

As promessas de consultorias que podem levar sua empresa a aumentar vendas em pouco tempo podem torná-las crescente para sempre? O melhor modelo deveria ser o ensino, não que você nunca mais precise da ajuda de um profissional depois disso. Mas você deve entender cada etapa para também procurar a pessoa certa na hora certa. Será que é possível aprender a empreender? É possível e necessário quando se tem vontade! Já que um problema nas vendas pode vir de outros setores. Como gestão de pessoas, processos mal definidos, financeiros e qualidade do produto.

E depois de ler alguns motivos você já está pensando em desistir? Lembre-se de usar a medida certa de otimismo e realismo. A saga está apenas começando, e se sentir um sinal de desistência recorde o porquê tudo começou. Busque a melhor maneira de obter conhecimento, descubra seus potenciais e aprenda a delegar as tarefas necessárias.

Você está a fim de começar um negócio hoje?

o mundo corporativo homem socorro

O Mundo Corporativo tem Data de Validade

O mundo corporativo tem algo de muito louco acontecendo. Pessoas bem sucedidas que saem dele ou foram saídas, ambas comentando sobre o “alívio” ao passar pela catraca pela última vez ao invés de sentirem desespero. Pelo menos no primeiro momento, é isso mesmo, alívio imediato.

Vejo tanta gente pedindo socorro até mesmo sem falar.

Mas apesar de ver tanta gente infeliz, exaustos das excessivas horas de trabalho, do stress e ansiedade, do trânsito, da politicagem, das pessoas negativas e fofoqueiras em volta, dos chefes perdidos que não sabem o que querem e muitas vezes desrespeitosos, de não serem reconhecidos e não gostarem do salário que recebem, de não terem perspectiva de crescimento e ainda por cima viverem assombrados pela lista de demissão do mês seguinte; e pra completar a tristeza, de não terem tempo para si e para as famílias e de não conseguirem nem fazer uma atividade física para pelo menos se manterem saudáveis pra encarar isso tudo; Ufa!  APESAR disso TUDO, eu encontro tanta resistência dessas pessoas de buscarem um novo caminho, por medo e crença, que chega a ser agoniante assistir.

Essa resistência tem vários nomes:

  1. medo de perder a “pseudo” segurança financeira (compreensível!! quem não tem?)
  2. crenças limitantes (aos montes!! “eu não nasci pra empreender”)
  3. medo das críticas (meus colegas vão me chamar de louco se eu for empreender nessa crise!)
  4. procrastinação (a vozinha que te fala “e se der errado” e você nunca dá o primeiro passo, portanto nunca vai saber)
  5. vergonha (“ai Meu Deus, eu que vou ter que ir atrás de clientes, promover meu trabalho! Eu vou incomodar, não gosto de vender, não gosto de pedir nada pra ninguém, ai Meu Deus”)
  6. falta de disciplina (“ai, isso vai dar trabalho, vou ter que me reinventar, ai ai ai, eu quero, mas não tô a fim de pagar o preço”)

Esse papo aqui tá mais direto e talvez mais doloroso do que eu costumo falar, mas pra você se dar conta que tem sair do que não gosta (a vida á uma só!), alguém tem que fazer esse papel não tão agradável.

Se você já me acompanha, sabe que eu vivi tudo isso e consegui fazer essa transição. E não sou diferente de ninguém, tive que passar por cima de tudo isso que listei aí em cima.

E portanto, sinto essa missão de compartilhar e mover mais pessoas pra fora dessa zona de sofrimento. Eu também vim desse lugar, cheia de crenças e medos que me limitavam. Se eu consegui porque você não consegue? É claro que consegue, mas precisa decidir, precisa querer muito. Se não desejar do fundo da sua alma, você vai se sabotar.

Se não entrar em ação pra realizar esse desejo, adeus sonhos!

Converso com tanta gente do meu antigo mundo e eles queriam tanta coisa e ficam só nesse “queriam”.

Queriam independência financeira com mais liberdade e flexibilidade de tempo, queriam assumir o controle da sua agenda! (empreender não significa que você vai trabalhar pouco, mas sim, você passa a ser dono do seu tempo)

Queriam trabalhar com algo que realmente amam, com mais propósito. Quanta gente tem me dito que não vê o seu trabalho gerando o bem pra sociedade e como isso é frustrante

Queriam viajar mais e poder trabalhar de forma equilibrada, mesmo quando viajam (a vida é um sopro e mesmo assim a gente não aproveita pra conhecer o máximo que podemos do mundo!)

Queriam poder se cuidar mais (caminhar, meditar, comer bem, se espiritualizar)

Queriam poder usar mais a sua criatividade, palestrar, escrever um livro, fazer um vídeo, criar um blog, fazer diferença por onde passam com a sua mensagem

Queriam ter uma vida mais feliz, com mais significado, ganhando dinheiro fazendo o que amam!

Acho que esse é o resumo do “queriam”. Quem não quer?? Mas o tempo do verbo é que tá errado. Chega de “queriam”. Você quer ou não quer? Decide e passa pro próximo passo. Sinto em dizer que você só vai conseguir essas coisas empreendendo. Elas não são compatíveis com uma vida de empregado.

Próximo passo: o que você está fazendo hoje que vai produzir um impacto gigante nesse futuro que você quer?

O que você está fazendo de concreto? Está se preparando e agindo, estudando como mudar sua vida e ao mesmo tempo colocando esse conhecimento em prática?

Caramba, o que você está fazendo? Está fazendo o suficiente?

Ou quando você começa o movimento alguém vem e diz: “empreender é perigoso, não é pra você, não é pra gente, não é pro Brasil” etccccs e mimimimissss!!!

Deixa eu falar uma coisa que talvez você não tenha percebido:

Toda vez que você tentar empreender na vida, seja lá do jeito que for, as pessoas do seu convívio podem até te dar força na teoria, mas quando eles virem que você realmente está se dedicando a isso elas começam a se incomodar muito e a te sabotar, às vezes inconscientemente.

Sabe porque? Porque elas veem que você tem uma chance concreta de conseguir sair da vida que não quer mais e escolher uma nova. E elas vão ficar pra trás por medo e por inação. E isso dói nelas, isso incomoda. Eu tive pessoas que eu gostava muito e que estavam fazendo isso à minha volta. Se prepara pois elas vão tentar de puxar muitas vezes não por maldade, mas pela insegurança de tentar o mesmo pra elas próprias. Esse é o comportamento humano padrão: de se comparar e não querer ficar pra trás.

Enquanto isso, você vai seguir em frente se estiver com a mentalidade certa. E ainda vai ajudar essas pessoas. É isso que você deve fazer.

Pensa o seguinte: se você não se preparar e não tentar, nunca vai saber. Sua vida vai ser um eterno “E SE”, a expressão favorita dos sabotadores internos.

Se já tem tanta gente de fora tentando te sabotar, você vai permitir se sabotar também?

Saia dessa. Simplesmente tenha consciência disso, assuma o controle e saia dessa conversinha interna. Ela não vai te levar a nada, a lugar nenhum.

Se o seu maior desejo é como o meu e da maioria das pessoas que já ajudei ele é muito igual a isso:

“Trabalhar com o que eu amo, ter um negócio próspero financeiramente, uma família feliz, e uma rotina saudável”

Esse era o meu desejo quando comecei e sinto que estou bem no caminho. Mas eu não saberia se tivesse ficado na conversinha do “E Se”.  É preciso apenas um pouco de paciência e persistência e curtir o PERCURSO TODO e não só a LINHA DE CHEGADA.

Cada dia de uma jornada com um propósito claro é prazeroso, então você não precisa esperar anos pra se sentir feliz, porque você vai estar sendo feliz a cada dia da jornada.

O seu conceito de sucesso vai mudar muito quando você parar de trabalhar pelo sonho dos outros e começar a trabalhar pelo seu. Todo dia vai ser um micro sucesso se você souber celebrar.

Uma outra cliente me falou:

“Ter sucesso pra mim é fazer o que a gente ama, é viver uma vida plena sabendo que tudo aquilo que vivo é o resultado de escolhas que faço. Sucesso é impactar a vida de muitas pessoas de forma positiva, agregando valor a elas.”

Eu concordo com ela, só que não dá pra ficar esperando ele vir do acaso, você tem que criar esse sucesso.

Se a gente estiver tendo esse papo daqui a 1, 2 anos, você vai desejar ter começado hoje. Por isso estou aqui, cumprindo essa missão que transformei em trabalho, mas NÃO, NÃO é fácil. Eu só posso ajudar quem decide que quer ser ajudado. Se você é uma dessas pessoas, começa com um primeiro passo, conheça o nosso Programa Empreenda-se. E, enquanto isso descubra quais são as competências essenciais para se tornar um empreendedor!

O importante é você sair depois desses vídeos melhor do que entrou e acho que vai. Se permita! Se joga!

Beijo grande e mão na massa

Caroline Caracas

APOSTE NA CONSTRUÇÃO DA SUA AUTORIDADE DIGITAL

Descubra como a estratégia da Autoridade Digital vai ser essencial não só na sua transição de carreira, mas vai te ajudar a aumentar os seus ganhos financeiros, atrair os clientes certos e que pagam bem, e ter muito, mas muito reconhecimento na sua área de atuação, te transformando em um profissional referência dentro do seu nicho, seja ele qual você escolher!

Conheça o curso online Alquimia da Autoridade, um treinamento 100% online onde apresento um método eficaz e sustentável, testado e comprovado por mim durante a minha própria trajetória de transição de carreira. Com esse método eu construí uma presença digital sólida e conquistei autoridade na minha área de atuação.

Você irá aprender a gerar e publicar conteúdo que constrói autoridade, a tornar-se um profissional requisitado, atraindo os clientes que pagam mais pelo seu trabalho e construindo uma marca pessoal única.

 

COMPETENCIAS QUE EMPREENDEDOR DE SUCESSO TEM

10 Competências Essenciais para ser um Empreendedor de Sucesso

Você se considera um empreendedor nato? Acha que nasceu para isso e possui todas as características e atributos essenciais para ser um empreendedor de sucesso nessa jornada? Ou não? Até sonha em empreender, mas acha que isso não é para você. Que você não reúne as competências necessárias para gerir o próprio negócio?

A verdade é que, empreender, é o sonho de 3 em cada 4 brasileiros, de acordo com uma pesquisa de 2015 da Global Entrepreneurship Monitor (GEM). Ainda segundo o estudo, enquanto 31% dos brasileiros querem montar um negócio, apenas  16% querem crescer dentro de uma empresa.

Mas ser empreendedor requer mais do que somente capital para investir e uma boa ideia de negócio. O empreendedorismo é uma consciencialização!

Antes de abrir o seu próprio negócio, para ser um empreendedor de sucesso, primeiro você precisa adquirir mentalidade e comportamento empreendedores. E diversas pesquisas têm sido feitas sobre o comportamento do empreendedor, levantando a questão:

Empreendedores nascem empreendedores ou são criados pela necessidade e forjados nas chamas das batalhas do mercado de trabalho?

Essas pesquisas já mostraram que alguns traços de comportamento se manifestam e combinam de diferentes maneiras em diferentes de sucesso. São denominadores comuns que podemos observar ao analisar o perfil. E a trajetória de vários homens e mulheres que alcançaram o panteão empreendedor e se destacaram de alguma forma nas suas áreas de atuação.

Os estudos e pesquisas não podem afirmar se empreender é um dom natural, que nasce com alguns de nós. Mas o que é certo e sabido, é que existem algumas competências e habilidades comuns a todos os grandes empreendedores. Não existe uma fórmula mágica a ser seguida! Cada história de vida e trajetória, cada pessoa, é única e singular. E é perfeitamente possível se tornar empreendedor a partir do seu desenvolvimento pessoal e profissional. Adquirindo as chamadas “características de comportamento empreendedor”.

O psicólogo americano David C. McClelland foi o autor que deu início a estudos específicos sobre as ciências do comportamento empreendedor. Tendo como base os estudos de McClelland, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) instituiu um programa para o aprimoramento de empreendedores, o Empretec, que trabalha com 10 características ou competências do comportamento empreendedor.

Veja quais são elas:

1 – Busca de oportunidades e iniciativa: Todo empreendedor precisa ter o chamado “senso de oportunidade”, saber antecipar-se aos fatos, identificar e criar novas oportunidades de negócios, fazer coisas antes de forçado pelas circunstâncias e agir para expandir os negócios.

2 – Correr riscos calculados: Se lançar em uma jornada empreendedora é quase como o desconhecido, por isso, você precisa ter coragem e propensão para arriscar e colocar-se em situações que implicam desafios, mas sabendo calcular coerentemente os níveis de risco envolvidos, avaliar alternativas e possibilidades e agir para controlar o resultado final e reduzir as perdas.

3 – Exigência de qualidade e eficiência: Quando se é empreendedor e trabalha pelo próprio sonho, e não mais pelo de outra pessoa, é preciso, encontrar maneiras de fazer as coisas melhor, mais rápido e mais barato. Desenvolver ou utilizar procedimentos para assegurar que o trabalho seja terminado a tempo e atenda ou ultrapasse os padrões de qualidade e excelência previamente definidos.

4 – Persistência: Resiliência e persistência precisam ser uma constante no comportamento de quem se propõe a empreender. Desafios e obstáculos vão aparecer, e não serão poucos, acredite! Mas você precisa agir diante desses obstáculos e persistir, não desistir no primeiro tropeço e, muitas vezes, fazer um sacrifício pessoal e dispender um esforço extraordinário para completar um tarefa.

5 – Persuasão e rede contatos: Empreendedores que estão acima dos outros têm a persuasão, ou a capacidade de convencer os outros a mudar sua maneira de pensar, crer, ou se comportar, inerente à sua personalidade, sabendo usar estratégias para influenciar pessoas. Além disso, é preciso falar que empreendedorismo não se trata apenas de competências ou de qualidades. Em muitas circunstâncias é também sobre fazer ligações pessoais, networking, utilizar pessoas chaves para propagar sua mensagem e atingir o seu objetivo final.

Atinja o seu objetivo final!

6 – Independência e auto confiança: Empreender é mudar o mundo, por isso, você precisa ter segurança em relação ao seu propósito, confiar na sua capacidade de completar uma tarefa difícil ou de enfrentar um desafio, mantendo sua postura e seu ponto de vista diante das oposições, e, principalmente, ter confiança na sua própria capacidade realizadora.

7 – Comprometimento: Para muitos, empreender é um sonho, é um meio para alcançar uma vida tão desejada. Ter liberdade de tempo e fazer o que se gosta. Porém, a jornada não é, todo o tempo, um mar de rosas.

Muitas vezes é preciso fazer sacrifícios pessoais, atribuindo a si e ao seu comportamento as causas de sucessos e fracassos.  Assumindo a responsabilidade pessoal pelos resultados obtidos.

8 – Busca de informações: A máxima “conhecimento é poder” também se aplica ao universo empreendedor. Para tornar-se uma referência e uma autoridade na sua área, você precisa, primeiro, conhecê-la a fundo. Dedique-se a obter informações que podem ajudar o seu negócio e fazê-lo crescer. Identifique e siga perfis de pessoas que atuam no mesmo nicho que você e que já alcançaram o sucesso. A internet é a ferramenta ideal para isso.

Busque inspiração e conhecimento!

9 – Estabelecimento de metas: Para sair de onde você está, primeiro você precisa saber ONDE e QUANDO quer chegar. É essencial estabelecer metas, ter visão de longo prazo, claro e específico, e objetivos mensuráveis e de curto prazo. Você precisa ter um forte senso de quais são os seus objetivos e impactos disso nos seus serviços. E, principalmente em seus negócios. Você também pode assistir ao vídeo que ensina passo a passo a metodologia SMART para escrever as suas metas. Ela é muito conhecida e muito eficaz. Se não for SMART, é auto enganação. 

10 – Monitoramento e planejamentos sistemáticos: Por fim, não adianta fazer tudo isso se, no final, você não monitorar os seus resultados atingidos. A partir do monitoramento sistemático você vai identificar o que não está dando certo no seu negócio, e corrigir rapidamente. O que está te trazendo bons resultados e vale a pena manter. Criando assim, uma estratégia personalizada e certeira, planejando os seus próximos passos. Não existe empreendedorismo sem planejamento, e é isso que vai ajudar a sua empresa a sobreviver aos momentos de crise.

Fuja do Perfil Ideal de Empreendedor!

Você já deve ter percebido que, o possuidor de todas essas características citadas, seria alguém muito especial, difícil de existir. O “empreendedor perfeito”. Mas isso, na realidade, não existe. Não existe um perfil totalmente ideal de empreendedor. Estas características não são um limitante para a atuação empreendedora, caso você não possua ou tenha deficiência em alguma delas. Sucesso é resultado da sintonia entre o cumprimento de ideias que resolvam problemas de pessoas juntamente com as habilidades pessoais. O importante é saber que, essas tais habilidades e características empreendedoras, podem ser aprendidas e desenvolvidas ao longo da vida.

Além dessas competências essenciais que, quando aprendidas e desenvolvidas vão aumentar as suas chances de sucesso. Os empreendedores atuais tem um grande aliado na sua jornada: o marketing digital. Hoje, o marketing digital é a grande alavanca e trampolim para sua empresa ou negócio, seja ele um negócio online ou offline, e pode ser o diferencial entre o seu sucesso e o seu fracasso. No meu eBook, “Mudar, Reinventar e Empreender”, que você pode baixar gratuitamente clicando AQUI ou na imagem abaixo, eu te mostro, com base na minha própria jornada empreendedora, como utilizar as estratégias e infinitas possibilidades do marketing digital para levar o seu negócio para o próximo nível! Mais de 5.000 pessoas já fizeram o download, e se você ainda não é uma delas, faça agora.

Atenção: Na última página do eBook, você pode se inscrever na lista de espera do Empreenda-se. Meu programa online de coaching e mentoria, lançado em 2015 que terá seu relançamento agora, já no começo de 2016. Então, se você quer ser um dos primeiros a saber dessa nova oportunidade.

Quer concretizar o seu sonho de empreender, trabalhar com paixão e ser dono do seu tempo. Baixe o eBook e se inscreva na nossa lista!

EXTRA: CONSTRUA A SUA AUTORIDADE DIGITAL!

Além de todas essas competências, existe um elemento que pode ser essencial e decisivo no sucesso da sua jornada empreendedora: a Autoridade Digital.

Descubra como a estratégia da Autoridade Digital vai te ajudar a aumentar os seus ganhos financeiros. Atraia os clientes certos e que pagam bem. Tenha muito, mas muito reconhecimento na sua área de atuação, te transformando em um profissional referência dentro do seu nicho.

Conheça o curso online Alquimia da Autoridade, um treinamento 100% online onde apresento um método eficaz e sustentável. Testado e comprovado por mim, durante a minha própria trajetória de transição de carreira. Com esse método eu construí uma presença digital sólida e conquistei autoridade na minha área de atuação.

Você irá aprender a gerar e publicar conteúdo que constrói autoridade. A tornar-se um profissional requisitado, atraindo os clientes que pagam mais pelo seu trabalho e construindo uma marca pessoal única.

regras de empreendedorismo ignoradas por empreendedores iniciantes

5 Regras de Empreendedorismo que os iniciantes ignoram

Essa semana tive a honra de ser entrevistada por um repórter da Exame colaborando para uma matéria sobre regras de empreendedorismo básicas que são ignoradas pelos empreendedores iniciantes.

Esse é um assunto que tenho muito gosto em falar, pois passei por tudo isso e sei o quanto ter conhecimento daquilo que estamos fazendo vai economizar erros, tempo e dinheiro na jornada.

A Matéria ficou bem objetiva e tem dicas valiosas, não só minhas, mas de outros consultores que também colaboraram. Confira a matéria completa no link: 5 REGRAS DO EMPREENDEDORISMO QUE OS INICIANTES IGNORAM.

O objetivo de compartilhar essa matéria é reforçar o que tenho ensinado, seja gratuitamente, ou em meus programas de treinamento pagos.

Hoje em dia, você precisa ter presença online e gerar conteúdo. Construir uma autoridade digital pro seu nome se quiser ser reconhecido, requisitado e bem remunerado.

Eu não participaria de matérias como essa, o que aumenta a minha visibilidade, se não tivesse investido muito em ter essa presença online forte. E, além dos benefícios para os negócios, é um caminho de auto realização também, pode acreditar.

O exercício de “Compartilhar” é apenas uma questão de hábito e não uma questão de saber ou não saber fazer isso, pois esse desejo já vem de fábrica na gente. Você saberia como fazer se estiver disposto a isso. Comece a compartilhar então sobre alguma área da vida ou do trabalho que te dê prazer e que você tenha experiência. Pode ser em um blog, nas redes sociais, em um canal de vídeos, enfim, comece e depois busque o aperfeiçoamento durante a jornada. O caminho vai se abrir e você vai aprender muito com isso, juntamente com a sua audiência.

Esse hábito fortalecedor pode mudar muita coisa na sua vida pessoal e profissional. Mas faça disso um hábito MESMO, um compromisso. Quando eu falo de hábito pense em uma ação consistente e regular. Daí é só ter paciência pra colher os resultados.

Você pode se tornar uma autoridade digital em qualquer profissão ou tipo de negócio para aquelas pessoas que te acompanham. Faça isso cheio de propósito, com empatia, com foco em ajudar o outro, entendendo que o dinheiro que você vai ganhar é necessariamente uma consequência do que você vai contribuir.

Uma frase boa pra quem só quer estar na internet focando em ganhar dinheiro rápido: “Tira o dinheiro da cabeça que ele corre pro Bolso”. É a mais pura verdade.

Tive meus momentos muito focada e preocupada com o dinheiro, porque é lógico que ele é importante. Mas foram os momentos em que eu menos produzi e por consequência não conseguia me destacar. Hoje eu controlo meus pensamentos de forma muito disciplinada e foco numa pergunta poderosa:

“Estou sendo útil pra minha audiência? Como posso ser ainda mais útil?”.

Claramente quando estou focada nisso, concentrada em seguir esse caminho, as “coincidências” começam a acontecer de forma muito fluida. E assim as oportunidades aparecem com uma ajudinha do universo conspirando lindamente ao meu redor.

Não é todo dia que você consegue estar tão concentrada e focada assim. Os momentos ruins acontecem, eles passam pela vizinhança e tentam bater na nossa porta. Às vezes até entram pois não somos de ferro, mas faça uma coisa: não faça sala pra eles!!! Eu tento me comportar assim: se a coisa tá esquisita, pensamentos ruins rondando, eu não dou vida fácil a eles. Não faço sala pra visita chata e tóxica na minha mente. Expulse!!! rsrs

Queria finalizar te agradecendo muito pela sua companhia. Seja por aqui lendo os artigos, seja nas redes sociais ou assinando minha lista de emails. O que me possibilita compartilhar e continuar fazendo um trabalho que eu amo.

Se achar que essas ideias são úteis a mais alguém, compartilhe esse artigo.

Empreender vale a pena, mas sem muita #mãonamassa suas chances de sucesso diminuem muito. Estude e pratique o tempo todo! Se falhar, lembre-se que aprendeu e não fracassou. Corrija e siga em frente.

Caroline Caracas

EMPREENDER QUAL É A SUA OBRA EM 2017

Empreender: o Encontro do Talento com as Necessidades do Mundo

Não sei se você se já ouviu essa história, mas em todo caso vou relembrá-la. É mais ou menos assim:

Era uma vez um viajante e no meio da estrada ele avistou uma pedreira. Se aproximou e perguntou ao primeiro trabalhador:

O que você faz aqui? 

Eu quebro pedras, respondeu o homem.

O viajante caminhou um pouco mais, se aproximou de outro trabalhador e repetiu a pergunta: O que você está fazendo aqui?

Ele respondeu: estou ganhando a vida.

Por fim, o viajante resolveu perguntar a um terceiro homem.

Oi, pode me dizer o que está fazendo aqui no meio dessa estrada, quebrando pedras?

O homem respondeu: Senhor, eu não estou quebrando pedras, estou ajudando a construir uma Catedral.

A vida é assim. Todo dia temos que sair pra trabalhar e isso pode ser um fardo ou uma alegria. Já tá mais do que na hora de encontrarmos um propósito pro nosso trabalho, saber de que “Obra” fazemos parte.

Fazer do mundo um lugar melhor, dar a nossa contribuição, ajudar as pessoas a melhorarem de alguma forma sua vida e ter reconhecimento pessoal e financeiro por isso. Essa deveria ser a nossa missão maior em tudo que fazemos.

Por isso vemos tantos empreendedores não desistirem dos seus sonhos, tentando resolver problemas do mundo, enxergando por trás desses problemas a a sua Catedral.

Enquanto isso milhões se arrastam todo dia pros seus trabalhos sem saber de que Obra fazem parte.

Mas isso pode mudar. Seja um empreendedor em tudo que você faz, enxergue Catedrais e Castelos em vez de Pedreiras.

Em 2017 eu desejo que você encontre o seu propósito de vida, que dele surja um trabalho ou negócio com mais significado e que você se realize muito fazendo isso. Porque pessoas realizadas fazem do mundo um lugar melhor.

A partir dessa conquista muitas outras coisas se resolverão, pois, o trabalho é algo que consome muitas e muitas horas da nossa vida. Procure se encontrar e saber pra que direção está indo com seus conhecimentos e habilidades e tudo vai ficar diferente.

Pra fechar fique com a frase milenar de Aristóteles:

“Quando os seus Talentos encontram as Necessidades do Mundo, ali está a sua vocação” 

Feliz 2017. Feliz Ano Novo.