caderno com digital marketing

Marketing Digital: por onde começar?

Antes de mais nada, a pergunta: “Carol, por onde começar no marketing digital?” foi exatamente assim que surgiu este conteúdo. 

Recebi essa pergunta no Periscope e resolvi criar um conteúdo especial com base nela. E realmente acho que seja um tema interessante, pois começar no marketing digital hoje é difícil. Há muitas coisas que precisam ser aprendidas e conteúdo não falta. Por conta disso, muitos acabam desistindo por conta da overdose de informações.

Logo, a prioridade neste conteúdo é definir pontos chave para você seguir a sua caminhada no marketing digital. Sem ter aquele stress de não saber por onde começar. E neste artigo você vai aprender que marketing digital não é um bicho de sete cabeças. E que, apesar de existirem vários caminhos para o aprendizado, você vai perceber que é algo simples e totalmente possível.

E a primeira dica é:

1 – Não comece pelo marketing digital

Pode parecer uma dica estranha, considerando o título do texto, mas não é. 

Você não tem que começar o seu negócio pelo marketing digital, mas definindo a sua estratégia. Esse é o primeiro passo. Mas muitos, e isso é muito comum, fazem o contrário. Compram uma ferramenta de e-mail marketing, um curso de Facebook Ads ou um site. Mas depois não sabem o que fazer com esses recursos. 

Por isso, reforçando, é fundamental começar pela estratégia.

2 – Business Model Canvas

Este é o seu segundo passo. Nessa ferramenta é possível definir de forma clara e simples tudo o que será necessário para a criação de seu negócio. E saiba que esta é a primeira dica que dou para meus alunos. 

Gosto muito desse modelo porque ele parte das necessidades de seu público alvo. Público alvo é um conceito que define, em linhas gerais, quais as características dos seus possíveis compradores.

Mas na internet, como costumamos ser mais específicos, trabalhamos com o conceito de persona ou avatar. A persona é um personagem semi-fictício que representa o modelo de seu comprador ideal. E quando nos relacionamos com esse personagem, colocamos nele todas as possíveis características de nossos compradores reais. 

Dessa forma, fica mais fácil ajudar o nosso público.

Vou ajudar e listar algumas características desse público:

  • As dores. Esse é o item fundamental que deve ser abordado no seu público, pois você deverá ser um mediador entre os seus problemas e as soluções;
  • Dados demográficos. Sexo, idade e localização são itens básicos que devem fazer parte da sua persona, pois eles ajudam definir a abordagem correta para o seu público;
  • O seu produto será uma solução para o problema de seu avatar.

E conhecendo essas características, o seu produto se torna uma oferta irresistível, pois você saberá as dores de seu público alvo melhor do que ele próprio. E isso tudo é uma abordagem estratégica. Não sei se você percebeu, mas não citei nenhuma ferramenta de marketing digital até o momento.

E o mais interessante é que mesmo se tratando de nicho, que é um termo mais digital para público alvo, muitos mercados no Brasil são de massa. E posso afirmar isso com tranquilidade porque moramos em um país com centenas de milhões de habitantes.

Logo, a maioria dos mercados, mesmo que não sejam tão expressivos percentualmente, acabam sendo de massa, pelo grande volume de consumidores.

3 – Defina sua persona claramente

Tratamos sobre persona na dica anterior, mas vamos aprofundar o tema, já que ele é muito amplo e interessante. E é o coração de um negócio digital. 

Por conta disso, recomendo que você faça um estudo aprofundado sobre sua persona.

3.1 – Faça perguntas e pesquise

Para ajudá-lo nessa tarefa existem várias excelentes ferramentas e algumas são gratuitas. Você pode, por exemplo, utilizar de ferramentas de pesquisa para pegar informações com pessoas que teriam as características de sua persona.  O próprio Google tem uma excelente ferramenta de formulário que pode auxiliá-lo nesse momento. E para criar esse formulário, você pode incluir várias perguntas sobre comportamento e características demográficas.

3.2 – Interaja nas redes sociais

Além disso, você pode interagir nas redes sociais e construir seu modelo de persona observando dúvidas e comportamentos de pessoas que se enquadram no perfil de seu avatar. Entrar em grupos onde a sua persona interage, por exemplo, pode abrir portas interessantes para a coleta de dados preciosos.

3.3. – Como sua persona lhe encontra?

Já parou para pensar como você, ou o seu concorrente, é encontrado mais facilmente pelo seu avatar?Sua persona lhe encontra, por exemplo, por uma pesquisa no Google ou passeando pela rua, caso seja um negócio off-line? Outro ponto a se definir é em quais redes sociais a sua persona atua com mais frequência e em qual ela vai estar mais acessível a sua abordagem.

3.4 – Compreenda sua persona

Faça perguntas que tenham relação direta com o seu possível cliente, tais como:

– O que é sucesso para a minha persona?

– Quais são os medidores de sucesso (tempo livre, statuts, bens…) para minha persona?

– Qual é a preocupação de minha persona quando coloca a cabeça no travesseiro?

Pense seriamente nessas questões, pois a sua função é de ser um facilitador para os seus clientes. Você deve se apresentar como alguém que vai ajudar o seu cliente a vencer seus desafios. E, veja bem, até agora não falamos sobre marketing digital.

Até agora…

4 – Estruture seu marketing digital

Chegou o momento de produzir conteúdo e somente agora. Depois de concluir as etapas anteriores, você conhecerá as necessidades de sua persona mais de perto. E com isso saberá como abordar as suas dores. E o conteúdo deverá justamente ajudá-la, oferecendo soluções e quebrando as suas objeções. E saiba que objeções são muito comuns.

Algumas delas são:

  • Será que o que está sendo falado nesse vídeo é para mim?
  • Será que isso funciona para mim?

E tem muitas outras. E, justamente por isso, você deverá gerar muito conteúdo. Nisso entra a geração de tráfego. Veja como estruturá-la:

4.1 – Utilize uma rede social que gere conteúdo para vídeos

É importante investir em vídeos, pois é o formato mais engajador de todos. E, hoje, é o que oferece a mais alta probabilidade de ser encontrado. E saiba que o YouTube é o segundo maior buscador do mundo, perdendo apenas para o Google.

4.2 – Tenha um blog

É fundamental que este blog seja vinculado ao seu site, pois, dessa forma, ele estará cumprindo a sua função. A função de um blog é fazer com que seu site seja encontrado nos mecanismos de busca, como o Google.

4.3 – Encontre as principais fontes de tráfego

É imprescindível saber quais são as fontes de tráfego mais importantes. Dessa forma, você não vai precisar se esforçar demais em todas. Digo isso porque a criação de conteúdos demanda um esforço que deve ser considerado. É necessário manter esse conteúdo com consistência e qualidade. Por isso, não pense que colocando um artigo no seu blog, de vez em quando, sua presença na internet amplificará.

4.4 – Faça um mix entre tráfego pago e orgânico

Nesse momento, é interessante reforçar o estudo nas melhores fontes de tráfego para o seu negócio. E quando você percebe quais são, torna-se mais fácil de responder algumas perguntas, como:

– Já tenho um negócio sólido ou estou começando agora?

– Preciso de uma ferramenta de e-mail marketing muito poderosa ou algo mais básico e gratuito satisfaz minhas necessidades iniciais?

Por conta disso tudo, você precisa mesclar as estratégias do seu negócio com o marketing. Ambos devem caminhar juntos. Por isso, é importante aprender sobre inbound marketing.

5 – Estude (muito) inbound marketing

A pergunta “por onde começar no marketing digital” tende diretamente para o aprendizado de inbound marketing. Essa é uma estratégia ampla que envolve várias etapas do marketing.

Estudando essa metodologia, você aprenderá:

  • A fazer o marketing de atração dos seus possíveis compradores;
  • A converter esses possíveis compradores em leads, ou seja, você conseguiu algum meio de contato deles. O e-mail já serve;
  • A se relacionar com esses leads e a educá-los sobre o seu produto para que comprem de você;
  • A comprarem várias vezes de você e a torná-los evangelizadores de sua marca!

E se quiser você pode saber mais sobre como aplicar a sua estratégia com as ferramentas de Marketing Digital de maneira correta.

E você pode consumir todo esse conteúdo de uma outra forma, eu tenho um vídeo muito popular no meu canal do Youtube que fala exatamente sobre por onde e como começar no Marketing Digital! Esse vídeo já gerou vários comentários e feedbacks positivos de pessoas. Pessoas que também estavam perdidas e sem saber por onde começar. Dê o play abaixo e assista agora!

Seguindo por essas dicas, não tem erro. E as possibilidades de você alcançar o sucesso como empreendedor serão mais altas do que nunca. 

E se você gostou desse conteúdo, aproveite para compartilhar com mais pessoas. E demonstre que lhe ajudou, dando um likeDessa forma, tenho um termômetro para saber quais temas são mais importantes para você.

E muito obrigada pela sua audiência!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *